sábado, 31 de agosto de 2013

Pão das irmãs:





Pão das Irmãs:


1 cenoura crua e média
2 copos de requeijão de leite vegetal
2 colheres de sopa de limão
2 colheres de mel
1 colher de sopa de goma xantana
1 colher rasa e mal cheia de sal
1\2 copo de requeijão de óleo de milho
3 colheres de sopa de azeite de oliva
2 colheres de sopa de fermento em pó químico sem glúten
1 colher de chá cheia de fermento biológico de pão
1 copo e meio de farinha de arroz
1 copo de amido de milho
1\2 copo de sementes  de linhaça dourada e chia triturada
lascas de amêndoas para colocar em cima ( opcional)

Modo de preparar:

Colocar no liquidificador o leite de castanhas morno, a cenoura picada , as colheres de sumo de limão,o mel, o óleo, a goma xantana ,o azeite , o sal  e bater por 3 minutos.Quando estiver bem batido resultará em uma massa bonita e cremosa.Colocar em uma tigela grande.
Adicionar as farinhas misturadas e os dois fermentos.Por final as sementes de linhaça dourada e chia trituradas.
Untar forminhas de empadas ou muffins  e colocar massa até 3\4 da peça.Alisar com um pincel molhado de água e colocar laminas de amêndoas.
Deixar descansar por 30 minutos .Aquecer o forno por 10 minutos em 160 graus.
Colocar as forminhas em uma assadeira maior e primeiramente deixar assar por 10 minutos em forno pequeno ( 160 graus) depois disso colocar a temperatura à 210 graus e assar por 30 minutos.
Desenformar frio e deixar em grelha para não suar.

Rende 15  unidades.




Pão de de farinha de feijão branco




Pão de farinha de feijão branco:


Ingredientes:

1/2 xícara de água morna
1 colher de chá. açúcar
1 colher de chá de gelatina sem sabor
1 colher de sopa de fermento biológico seco para pão
1/2 xícara de leite vegetal ( amêndoas,coco, arroz, etc)
1 ovo,mais uma clara
1 colher de sopa de óleo de coco
1 colher de sopa de linhaça moida
2 xícaras de farinha preparada, a mistura está abaixo
1/4 xícara de sementes de girassol
1 colher de chá de CMC
1 colher de chá de fibra de maça
1/2 colher de chá de sal

Modo de fazer:

Colocar o fermento biológico com o açúcar ,duas colheres de sopa rasa de farinha de arroz e a xícara de água morna, deixar levedar.
Na batedeira bater o ovo, com o leite , o CMC e a colher de sopa de gordura de coco .Ir adicionando as farinhas misturadas e peneiradas , por fim a gelatina,a fibra de maça  , o fermento levedado e as sementes de girassol. A massa fica meio grudenta na pá.Pegar a quantidade de uma colher de sopa bem cheia e montar o pãozinho com a mão untada de água..Assar em forno em 180 graus por 40 minutos.Passar uma gema sem pele em cima do pão para adquirir a cor dourada.


Farinha misturada:

1 e1\2 xícaras de farinha de milho passada na peneira  ( Sinha ou Moinho)
1/2 xícaras de farinha de feijão branco ou  farinha de grão de bico
1 xícara de amido de milho
1 xícara e meia de  farinha de arroz branca ou integral
1 xícara e meia de fécula de mandioca  ( Amafil )
1/4 xícara de farinha de batata ou de purê de batata desidratado
4 colher de sopa goma xantana
2 colheres de sopa de linhaça dourada

Misture bem e guarde na geladeira ou no freezer, mas trazer a farinha de volta à temperatura ambiente. antes de usar.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Pão da Saúde

                                  Pãozinho em forminhas pequenas para as crianças
                                  Pequenos, em pão de forma
                                  Perfeito para sanduíche
                                  Fatiado, perfeito com furinhos.
                                  Fácil de fatiar , não esfarela e  é super fofinho.


Pão da saúde:

Ingredientes:

1 ovo
1 clara,guardar a gema para pincelar os pães
3 xícaras medidas de Farinha Schär
1 xícara de amido de milho
1\2 xícara de fubá
1\2 xícara de farinha de amêndoas
1\2 xícara de linhaça moída
1 colher de sopa de chia ( semente)
1 colher de sopa de trio andino (flocos de amaranto, linhaça e chia)
1 colher de sopa de psylium
1 colher de sopa de limão coado
8 colheres de sopa de óleo de milho ou girassol
1 colher de sopa de fermento químico para bolo
1 sachê de fermento biológico para pães
3 colheres de açúcar mascavo
1 colher de sopa rasa de sal
2 colheres de chocolate do Padre ou de cacau
1 xícara de abobora cozida e espremida

Modo de fazer:

Primeiro passo:

Colocar 100 ml de água morna, as 3 colheres de açúcar mascavo e o fermento biológico para pão para levedar por 10 minutos.

Segundo passo:

Colocar no liquidificador o purê de abobora, o óleo, o sal, o limão coado, o chocolate,os ovos, o fermento químico para bolo. Bater bem .

Terceiro passo:

Misturar todas as farinhas, passar pela peneira e adicionar o psylium , a chia e o trio andino.

Quarto passo:

Na batedeira colocar o creme do liquidificador, as farinhas, o fermento levedado e ir adicionando pouco a pouco o restante da água ( 300 ml).
A massa deve ficar bem batida, mas agarrando no gancho da batedeira.

Quinto passo:

Colocar em formas untadas e polvilhadas com fubá. Não colocar mais que a metade da forma, essa massa cresce bastante. Acertar a massa , passar com um pincel a gema separada e batida com duas gotas de óleo.

Sexto passo:


Deixar crescer por 2 horas,  assar em formo por 180 graus previamente aquecido por 50 minutos, os menores olhar antes.

Sétimo passo:

Deixar  esfriar  em grelha antes de fatiar e guardar.
Congelar só depois de frio. 
Dura 3 dias fora de refrigeração, bem macio.
Congelado: 90 dias.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Leite de gergelim_ Uma boa reposição de cálcio!





Leite de gergelim_ Uma boa reposição de cálcio.


Ingredientes:

1\2 xícara de castanha do Pará
1\2 xícara de gergelim sem casca
4 tâmaras
1 colher de sopa de el
1 litro de água filtrada


Modo de fazer:


Deixar de molho o gergelim em água filtrada por uma noite , trocando 3 vezes de água.
Deixar as castanhas de molho e descascar a parte preta da casca.
Colocar no liquidificador todos os ingredientes e bater por 10 minutos.
Coar em peneira e em pano tipo fralda ou voal.

Observação: O Leite de gergelim tem um gosto peculiar, para alguns amargo, é necessário deixar de molho e introduzir outro ingrediente para melhorar o gosto.
Deve-se olhar para esse leite como uma suplementação de cálcio e selênio , e obter da natureza o que ela tem de melhor. Este leite não  aproxima se , do gosto do leite de vaca,mas traz benefícios que nenhum leite trará.


Gergelim:


Os primeiros indícios do uso do gergelim na rotina alimentar remontam de áreas tropicais da África, Oriente Médio e Índia, há mais de 6 mil anos. O Egito Antigo também foi um dos primeiros países a fazer uso do gergelim, deixando várias anotações sobre suas propriedades nutricionais em muitos pergaminhos encontrados em estudos arqueológicos.

Apesar de muito comum na cor castanha, também podemos encontrar o gergelim nas variações branca, vermelha ou preta. Atualmente produzido em larga escala no Oriente Médio e na Índia, o gergelim tem seu polo de produção brasileiro a região nordeste.
Benefícios

Por ser antioxidante, e pela elevada concentração de vitamina E, é considerado um alimento com poder rejuvenescedor, modulador do metabolismo, prevenindo o envelhecimento e morte celular. A semente ainda é auxiliar nos tratamentos às disfunções férteis e da libido.

Por sua vez, o cálcio acalma os nervos, a ansiedade e sintomas psico-emocionais do estresse além dos conhecidos benefícios ligados à estruturação do corpo para atletas, gestantes ou lactantes, e após intervenções cirúrgicas ou doenças.

O cálcio também ameniza o excesso de colesterol no sangue, a arteriosclerose e previne o infarto do miocárdio e a trombose arterial.
Uso na medicina

A medicina ayurvérdica e a Medicina tradicional chinesa, por exemplo, usam a semente em suas terapias que buscam o aumento de energia vital, a eliminação do cansaço, o aumento da tonicidade e firmeza muscular, a regularidade das funções intestinais e tratamentos específicos do sistema cardiovascular. Graças à sua grande concentração proteica, o gergelim melhora a transmissão dos impulsos nervosos, diretamente relacionados à memória.

Outros problemas de saúde de ordem emocional como esgotamento nervoso ou mental, estresse, perda de memória por trauma, melancolia, depressão nervosa, irritabilidade e insônia também são distúrbios que podem ser amenizados com o consumo de gergelim.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Leite da luz! Bom para vitalidade e para depressão.




Leite da luz.Bom para vitalidade e para depressão!


Ingredientes:

3\4 de xícara de sementes de girassol descascadas
1\4 de xícara de castanhas do Pará retiradas a parte preta da casca
4 tâmaras
2 colheres de sopa de mel
1000 ml de água

Modo de fazer:

Abrir as sementes de girassol, retirando as semente brancas .
Deixar de molho por uma noite ou no minimo 8 horas.
Descascar as castanhas do Pará e deixar de molho à noite.
Eu troco 3 vezes de água , pois sempre prezo pela limpeza e descontaminação.
No liquidificador bater as sementes, as castanhas, as tâmaras e o mel por 10 minutos.
Coar em peneira e em um pano estilo fralda ou voal. Guardar os resíduos para fazer a pasta da vitalidade!

Servir gelado ou com café.Eu tomo puro.

Pasta da Vitalidade:


1 xícara de resíduos da semente de girassol e da castanha do Pará (sobras do leite)
1\2 cebola picadinha
1 dente de alho pequeno retirado o broto de dentro
2 colheres de sopa de azeite de menos 1% de acidez ( eu uso o Galo)
1 colher de sobremesa de sal
1\2 xícara de azeitonas verdes picadas 
2 tomates secos 

Modo de fazer:

Bater todos os ingredientes no liquidificador ou processador por 10 minutos.Quanto mais batido, mais homogêneo.





domingo, 25 de agosto de 2013

Fatias Húngaras de coco:Miriam Nunes Vieira Pereira.

Esta rosca da Miriam Nunes Vieira Pereira é muito gostosa.Com está massa poderam ser feito pãozinhos doces, baquetes recheados com doce de leite,bolinhas com recheios de goiabada, o que sua criatividade  mandar.

Fatias Húngaras de coco:



 1 copo de farinha de arroz (250 ml)
 1/2 copo de polvilho doce 
 1/2 copo amido de milho
 1 colher sopa de psyllium
 2 colheres de sopa de açúcar
 1 colher de sopa de fermento biológico seco
 1 colher de chá de sal
 1 colher de sobremesa de goma xantana 
 2 ovos 
 2 colheres de sopa de margarina sem sal (becel)
 1 copo de água  ( 250 ml)

Modo de fazer:

Misturar os secos, acrescentar a margarina, os ovos e ir adicionando a água aos poucos até dar ponto cremoso firme, batendo na batedeira, em velocidade baixa, por 3 minutos.

 Recheio: 
 200 g de coco ralado sem açúcar
 1 copo de açúcar
 3 colheres de sopa de margarina sem sal (becel) 


Misturar bem todos os ingredientes, reservando 4 colheres de sopa do coco para a cobertura.

Cobertura:

 300 ml  de leite condensado baixa lactose ou caseiro de leite vegetal
 1/2 litro de leite baixa lactose
 1 copos de açúcar
 1 colher de sopa de amido de milho
 1 pitada de bicarbonato de sódio ou uma colher de chá (rasa) de fermento  químico.

 Modo de fazer:

 Misturar tudo e levar ao fogo, mexendo sempre até o ponto de leite condensado.

Modo de montar :

Abrir a massa em formato retangular, sobre um filme plástico, apertando com a mão untada com margarina ou óleo, de forma a ficar com cerca de 0,5 cm de espessura. Espalhe o recheio e enrole com um rocambole. Corte os pedaços com cerca de 2 cm e coloque as fatias em forma untada e enfarinhada, deixando um pequeno espaço entre elas. Espere crescer e asse em forno pré-aquecido a 180 graus até dourar levemente. Cubra com leite condensado e polvilhe coco ralado e volte ao forno até dourar.

Fotos da Miriam Nunes Vieira Pereira
 Obs. Não coloque a água toda de uma vez. Observe o ponto que é o mesmo da massa do pão de cachorro quente.
http://saboresdacozinhasemgluten.blogspot.com.br/2013/02/pao-de-cachorro-quente-sem-gluten-e-sem.html









Pão de Batata com recheio de catupiry da Miriam Nunes Vieira Pereira

                                  Fotos da Miriam Nunes Vieira Pereira.
                           

Pão de Batata Recheado de catupiry:




 Pão de batata da Miriam Nunes Vieira Pereira
 copo medida de 250 ml

 1 copo de batata cozida e espremida
 2 copos de farinha de arroz 
 1 copo de polvilho doce
 1/2 copo de fécula de batata
 2 colheres de sopa da açúcar
 2 colheres de chá de sal (rasas)
 1 colher de sopa de psyllium
 1 colher de chá de goma xantana
 1 colher de sopa de fermento biológico seco
 1 colher de chá de fermento químico reagente ao calor
 3 ovos
 1 copo de água
 1/4 de copo de óleo

Modo de fazer:

 Misturar os secos, acrescentar os líquidos e bater na batedeira em velocidade máxima por 5 minutos.Dividir a massa usando duas colheres de sopa. Colocar as porções em mesa enfarinhada. Abrir as bolinhas usando mão untada com óleo e rechear com frango e catupiry. Colocar em forma untada e polvilhada com farinha de arroz, esperar dobrar de volume, pincelar com gema com um fio de óleo e assar em forno pré-aquecido até dourar.

Obs. Não coloque a água toda de uma vez. Observar o ponto da massa. Pode precisar de um pouco mais ou menos de água. O ponto da massa e seu crescimento é feito da mesma forma que o pão de cachorro quente.

Recheio:

600 gramas de filé de peito de frango cozido desfiado e temperado à gosto. Tem que ficar sem líquido.
1 sachê de queijo catupiry para uso culinário.

Este pãozinho fica uma delicia e é muito bom para o lanche das crianças.

Segue o link do Pão de cachorro quente para quem quiser saber como a Miriam executa o crescimento e a moldagem.

http://saboresdacozinhasemgluten.blogspot.com.br/2013/02/pao-de-cachorro-quente-sem-gluten-e-sem.html

sábado, 24 de agosto de 2013

Cupscakes de amêndoas e coco



 Cupscakes de amêndoas e coco:


Ingredientes:

4 ovos
1 xícara de açúcar
3 colheres de mel de laranjeira
1 limão pequeno espremido
4 colheres de sopa de azeite ou óleo de milho
1 pitada de sal
1 laranja espremida e coada ( 1\4 de xícara)
1 xícara e meia de farinha de amêndoas
1\2 xícara de coco ralado seco 
1 colher de café de bicarbonato de sódio
1 colher de sobremesa de cremor tártaro

Obs: caso não encontre  o cremor tártaro, use uma colher de sobremesa de fermento químico em pó.

Modo de fazer:

Bater os ovos , o açúcar,o mel e a pitada de sal por 10 minutos.
Irá montar uma gemada aerada e firme.
Com um fouet ir adicionando delicadamente a mistura batida, o suco de laranja, o limão espremido, o azeite, e as farinhas misturadas com os fermentos.
Misturar muito bem e colocar em forminhas de papel.
Eu fiz na máquina de cupscakes em 12 minutos, mas poderão ser feitos no forno convencional , em temperatura de 180 graus por  35 minutos ou enfiando um palito , este saia limpo e seco.





quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Sorteio da " Sabores da cozinha sem glúten " para a melhor frase com o nome do blog, feita nos comentários da página ! Vamos participar!

Sorteio da " Sabores da cozinha sem glúten" para melhor frase com o nome do blog,feita nos comentários da página ! Vamos participar!


Queridos amigos eu queria agradecer todo este carinho e amigos virtuais que fiz nestes  quase nove meses de existência.
Agradeço a minha amiga Raquel Benati por essa façanha.Um dia ela virou e disse:
-Você precisa fazer um blog.
No outro dia : - Você já tem um, eu o fiz e está lá , caso não goste , cancele.
Nem soube o que falar , perguntei : - O que faço com esse trem?
Ela com sua calma e gentileza me respondeu : - Eu te ensino e leve o que sabe fazer para as famílias que necessitam.
E foi assim que o " Sabores da Cozinha sem glúten" nasceu, cheio de amizade, boa vontade e com bons sentimentos.

Um barco que foi colocado no mar com muitas flores da compaixão às famílias que precisam se adequar,orientar e saber como executar seus alimentos diários.
Hoje minha gratidão é imensa  à mulheres maravilhosas que dedicam seu dia a dia em assessorar várias pessoas que se descobrem celíacas ou intolerantes ao glúten e ao leite.

Quero registrar o nome da cada uma: Ester Benatti, Isabela Campos Nagy,Flávia Anástacio de Paula,Juliana Crucinsky,Miriam Nunes Vieira Pereira,Elizete Pereira,Silvia Kawaguti  ,Sabrina Zarana,Rosa Taís e Ana Claudia Cendofanti, do grupo Viva sem Glúten, comunidade que se dedica a acompanhar, orientar e abraçar quem os procura.
Obrigada amigos por visitarem o blog, mas principalmente  , um pouquinho,  fazer parte de suas famílias e na hora principal , que são as refeições, estar presente e sendo útil à vida de todos vocês!.

Como prova de minha amizade  e afeição gostaria de presenteá-los, vou sortear um kit " Sabores da cozinha sem glúten" , que consiste em:
 - Um pano de prato personalizado, uma luva de forno e fogão, descanso de mesa e outro pano assinado por mim para quem , em uma frase usando o nome do blog nos comentários, definir essa missão que é cozinhar para uma nobre causa como é a doença celíaca.

Farei a divulgação do vencedor dia 07 de setembro, onde o ganhador ou ganhadora mandará seus dados para que possa  remeter seu prêmio.

Boa sorte à todos e vamos para mais 100.000 entradas e boas receitas.

JOSY  GOMEZ.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Bolo nutritivo de damascos,cenoura,laranja e linhaça

Bolo nutritivo de damascos, cenoura ,laranja e linhaça:

Ingredientes:

4 ovos grandes ( jumbo)
12 damascos turcos
1 cenoura grande ou duas médias
1 xícara de suco de laranja
1\2 xícara de óleo de milho ou girassol
1 pitada de sal
2 xícaras de açúcar 
2 colheres de sopa de linhaça dourada moida
1 colher de sopa cheia de fermento químico para bolo
2 xícaras de farinha preparada caseira ou a Beladri especial sem glúten,sem soja, sem leite.

Calda de chocolate:

8 colheres de sopa de chocolate do Padre
12 colheres de açúcar
1\2 xícara e 2 colheres de água
2 colheres de sopa bem cheias de margarina Becel azul


Modo de fazer:

Bater no liquidificador os damascos, o suco de laranja e o óleo .Fazer um purê mole. Reservar.
Na batedeira colocar os ovos e o açúcar, batendo em uma gemada aerada e bem consistente.
Adicionar o purê delicadamente, o fermento e com um fouet misturar as farinhas misturadas com as colheres de linhaça.
Untar e polvilhar uma forma média redonda e assar em forno em 180 graus por 50 minutos.Desenformar.
Jogar a calda de chocolate no bolo ainda quente.


Modo de fazer a calda:

Colocar em uma panela todos os ingredientes.
Levar ao fogo, mexendo sempre até virar uma calda vidrada e brilhante.
                                          Damascos, cenoura e o óleo
                                          Ovos batidos com o açúcar
                                          Misturando as farinhas delicadamente
                                          Massa misturada e homogênea
                                          Bolo assado e fofinho c| calda
                                          Bolinhos individuais, uma gracinha
Fatia dos deuses,úmido,fofo e magnífico

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Acarajés de Oyá:- Patrimônio nacional,Bahia terra de Jorge Amado.

                                  Massa de feijão fradinho processada
                                   Massa do acarajé batida e aerada
                                   Vatapá de camarão sem glúten
                                   Acarajés fritos no dendê
                                  Cortado no meio , perfeito frito e aerado
                                   Acarajés prontos e recheados.


Acarajés de Oyá: - Patrimônio Nacional,Bahia terra de Jorge Amado.


Ingredientes da massa:

1 quilo de feijão fradinho ( Eu uso o fraldão, é maior e bem branquinho)
2 cebolas brancas ( Lobaças)
1 colher de sopa de sal
1 litro de dendê.

Modo de fazer:

Primeiro:


Escolher o feijão fradinho, lavar bem , colocar em uma tigela com bastante água e deixar de molho por uma noite.
No dia seguinte tirar todas as cascas e olhinhos negros.
Verificar se não há nada que macule a massa.Grãos bonitos e brancos.


Segundo:


Cortar a cebola em quatro partes e ir processando a massa sem água , colocando a cebola e o sal.Caso ficar muito difícil , colocar 1\4 de xícara de água.
Mas a massa de acarajé é feita somente do feijão que ficou de molho e hidratando, cebolas e sal.

Terceiro:


Depois de processar toda massa deixar a mesma em uma peneira para drenar o líquido, mas precisamente a goma e guardar.
A goma temperada servirá para fazer o vatapá sem glúten.


Quarto:


Colocar a massa feita em uma tigela grande e bater 10 minutos com uma colher de pau.Isso fará a massa crescer e airar, para os acarajés ficarem macios e fofinhos.

Quinto:


Colocar em uma panela grande um litro de dendê. Ou poderão colocar 1\2 litro de dendê e 1\2 de óleo de milho. Eu faço tradicionalmente.


Sexto:


Com ajuda de duas colheres de sopa grandes, fazer os acarajés e fritar em dendê em quente, virando dos dois lados.Cuidado para não queimar.

Sétimo:


Cortar no meio e rechear com o Vatapá de camarão.
E bom apetite!


Vatapá sem glúten:


1 quilo de camarão sete barbas grandes
2 cebolas roxas picadinhas
3 tomates picados sem pele e sem semente
1\2 pimentão verde picadinho
1 maço de cebolinha e salsinha picado
sal a gosto
pimenta dedo de moça picadinha ( opcional)
3 colheres de sopa rasa de dendê
1\2 a 3\4 de xícara de goma de feijão fradinho que ficou separada.

Modo de fazer:

Levar ao fogo o óleo de dendê , a cebola,e os demais temperos para refogar.
Depois de ter um refogado cheiroso e crocante juntar o camarão e deixar refogar por na máximo 7 minutos.O camarão não pode cozinhar demais pois torna se rígido.Colocar a goma do feijão e ir mexendo sempre até engrossar e ficar cremoso.

Obs: poderá adicionar 1\2 xícara de castanha de caju moída.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Pão Mulato Gostoso:





Pão Mulato gostoso:


Ingredientes:


2 ovos
350 ml de água
1 colher de sopa de vinagre banco
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de sal
1 sachê de fermento biológico
3 xícaras de farinha schär ( 400 gramas)
3 colheres de sopa cheias de farinha de banana verde
3 colheres de sopa cheia de farinha de linhaça dourada moida
2 colheres de sopa de chocolate do padre
3 colheres de azeite ou óleo de milho
1\2 xícara de nozes moídas grosseiramente


Modo de fazer:


Colocar em uma tigela o fermento biológico, 1\4 de xícara de água morna e as 3 colheres de açúcar.Deixar crescer por 10 minutos.


Colocar no bowl da batedeira os ovos, o óleo, o vinagre , bater por 2 minutos.
Adicionar a água e todas as farinhas misturadas.
A massa ficará grudenta e agarrando nas pás.
Untar e polvilhar uma assadeira de bolo inglês grande e deitar a massa.
Crescer por 1 hora ou dobrar de tamanho.
Assar em forno de 200 graus por 50 minutos.


Caso queira deixar mais firme para modelá-los adicionar mais 3 colheres de sopa de farinha Schär.

Bolo de frutas do dia dos pais:


Bolo de frutas dos dias dos pais:


Ingredientes:

4 ovos jumbo ( grandes)
2 xícaras de açúcar
1 garrafinha de leite de coco
1\2 xícara de óleo de milho
1 xícara de farinha de arroz
1\2 xícara de creme de arroz
1\2 xícara de amido de milho
1 xícara de nozes moídas grosseiramente
1 colher de sopa bem cheia de fermento químico sem glúten
1 pitada de sal
1 colher de sobremesa de CMC

Recheio:

4 gemas
1 xícara de açúcar
1 xícara de água
1 garrafinha de leite de coco
3 colheres de amido de milho cheia
6 fatias de abacaxi em calda picado miudinho.

Modo de fazer:

Bater os ovos , a açúcar, a pitada de sal e o CMC em uma gemada aerada e firme.
Adicionar abaixando a velocidade da batedeira ao mínimo, delicadamente os líquidos e as farinhas previamente misturada.
Por final adicionar o fermento químico.Untar u polvilhar com farinha de arroz uma assadeira redonda média.
Levar ao forno pré aquecido em 180 graus por 45 minutos ou quando espetar um palito saia seco.
Deixar esfriar.

Recheio baba de moça:

Levar ao fogo o açúcar e a água e deixar em ponto de calda rala.
Deixar esfriar e adicionar as gemas,o leite de coco e o amido de milho .Levar ao fogo e não parar de mexer.Quando ferver ir mexendo até virar um doce mais ou menos espesso.Misturar o abacaxi e dar ponto novamente.
Separar e cobrir para não crias película.

Marshmallow:

4 claras
2 xícaras de açúcar
1\2 xícara de água filtrada

Levar ao foco a água e o açúcar sem mexer.Fazer uma calda em ponto de fio.
Levar as claras na batedeira e bater em ponto bem firme ( castelos), quando estiver bem batida e em blocos , ir adicionando a calda quente em fio e bater por 15 minutos até esfriar e fazer um marshmallow brilhante e firme.

Montar o bolo:

Cortar o bolo no meio, regar com  guaraná ou calda básica , colocar o recheio, cobrir com a outra metade.Cobrir com o marshmallow e decorar à gosto.
Eu usei uma calda de chocolate , figos cortados e cerejas



 

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Frango assado:


Frango assado:


Frango assado
Ingredientes: 
1 cebola picadinha
1 frango em pedaços
1 cabeça de alho picada ou  amassada
1 folha de louro
1 xícara de salsinha picada
1 xícara de cebolinha picada
algumas gotas de limão ( 2 colheres de sopa)
sal  a gosto
5 colheres de azeite menos 1% de acidez
1 colher de sopa de mostarda sem glúten ( opcional)
e pimenta-do-reino a gosto ou pimenta rosa que eu prefiro.


Modo de fazer:

1. Lave o frango e enxugue com uma toalha de papel.

2. Coloque o frango numa tigela e tempere-o com alho, louro, salsinha, limão, sal e pimenta a gosto.

3. Cubra a tigela com um filme plástico.

4. Coloque a tigela na geladeira por 1 hora ou mais.

5. Coloque o frango numa fôrma untada com óleo ou azeite.

6. Cubra a fôrma com papel alumínio e asse o frango em forno quente (200 graus) por 30 minutos.

7. Retire o papel alumínio da fôrma e asse o frango por mais 15-20 minutos ou até dourar.

8. Sirva quente.:

Pão francês



Pãozinho francês: 


Ingredientes:

3 claras batidas em neve
1 colher de sobremesa de sal
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de goma xantana
2 colheres de mel
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de fermento químico sem glúten
1 xicara e meia de água morna
1 colher de sobremesa de suco de limão ou vinagre de maça
1 colher de sopa de psylium
1 colher de sopa de linhaça dourada moida
1 sachê de fermento biológico para pão
1 xícara de farinha de arroz
1 xícara de farinha Mix pan Schär
1\2 xícara de polvilho doce
1\2 xícara de fécula de mandioca ( Amafil)


Modo de fazer:


Colocar em uma tigelinha o fermento biológico, meia xícara de água , 1 colher de sopa de açúcar e deixar levedar por 10 minutos.
Na tigela da batedeira colocar as claras , o sal e bater em neve .
Ir adicionando a água morna, o azeite , o vinagre, o mel , o sal,a goma xantana, as farinhas peneiradas e misturadas com o psylium e a linhaça.
Por final  o fermento levedado e o fermento químico sem glúten.
Bater bem por 5 minutos.
Untar uma assadeira com óleo e farinha de arroz e moldar os pães.
Deixar um espaço entre eles para crescerem
Assar em forno de 200 graus por 35 a 40 minutos.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Bolo de doce de abacaxi



Bolo de doce de abacaxi:

Ingredientes

3 gemas
1 ovo jumbo
3\4 de  xícara de calda de abacaxi
1 xícara e meia de açúcar demerara
3 colheres de sopa bem cheias de margarina Becel azul
1 xícara de farinha de arroz
1 xícara de amido de milho
1 colher de sopa de linhaça dourada moída
3 colheres de farinha de amêndoas
5 rodelas de rodelas picadas de abacaxi em calda
1 colher de sopa cheia de fermento em pó.

Doce de abacaxi caseiro:

1 Abacaxi cortado em rodelas
1 xícara e meia de açúcar cristal
3 colheres de água filtrada

Colocar em uma panela e cobrir com com açúcar .Deixar ferver até ficar uma cor de guaraná.

Bater as gemas , o ovo e o açúcar em uma gemada aerada e forte.
Ir adicionando a calda de abacaxi,a manteiga, e as farinhas misturadas e peneiradas.Por final  o fermento em pó.
Misturar tudo muito bem.
Untar e polvilhar uma forma de bolo inglês média e deitar metade da massa, colocar pedacinhos de doce de abacaxi,cobrir com o resto da massa e mais pedaços de doce.
Levar ao forno em 200 graus por 50 minutos ou quando enfiar um palito sair seco.




A cura pelo inhame:


Poderes e propriedades do inhame:



A CURA PELO INHAME:



O inhame tem propriedades depurativas desintoxicantes. A utilização dos alimentos para fins medicinais não é nenhuma novidade.
O princípio já era preconizado por Hipócrates há cerca de 2.500 anos: “ Que o seu alimento seja o seu medicamento e que o seu medicamento seja o seu alimento”.
De lá pra cá, a medicina evoluiu em muitos aspectos, porém acabou distanciando-se dos pilares básicos que regem a saúde humana, como os cuidados com a alimentação para uma vida saudável.
Além de ser fonte de energia, os alimentos têm propriedades específicas que auxiliam na prevenção, no tratamento e também na cura de muitas doenças, entre os alimentos com importantes benefícios para a saúde está o inhame.


ORIGEM


Originário do sudeste asiático, o inhame é cultivado desde a antigüidade. Foi trazido para o Brasil das ilhas de Cabo Verde e São Tomé ainda no período colonial.
O nome científico - Colocasia esculenta (L.) Schott família - Araceae, exigência climática - ameno (20 a 25º), forma de propagação –rizoma.


PROPRIEDADES


Rico em carboidratos e pobre em gorduras, o inhame é grande fonte de Betacaroteno, flavonas, lignanas, fitoestrógenos, Possui sais minerais como Cálcio, Fósforo, Ferro, potássio e fibras solúveis.
Além de vitaminas A, C e do Complexo B, principalmente B1 (Tiamina) e B5 (Niacina).
Os minerais são essenciais ao organismo porque contribuem para a formação dos ossos, dentes e sangue. A vitamina B1 estimula o apetite, é essencial ao crescimento e facilita a digestão. A vitamina B5 evita problemas da pele, do aparelho digestivo e do sistema nervoso.

Por ser uma rica fonte de nutrientes e pelo seu alto valor energético e dar uma consistência perfeita às papinhas dos bebês, o inhame é bastante disseminado como alimento imprescindível na dieta da primeira infância.
Além disso, é reconhecido como um agente eficaz na prevenção da malária, dengue e febre amarela.

Diversas pesquisas e livros sobre o tema citam que durante a colonização da África muitas aldeias foram dizimadas pela malária quando os colonizadores brancos substituíram o cultivo do inhame por outros mais lucrativos, como a cana-de-açúcar, e os nativos foram obrigados a reduzir o consumo do tubérculo.
Mas, além dessas propriedades, uma das principais características do inhame é o seu poder depurativo e desintoxicante. Na cultura popular, diz-se que o inhame “limpa o sangue”. O alimento, na verdade, auxilia na eliminação das toxinas do sangue por meio da excreção dessas substâncias através da pele, dos rins e do intestino.


INDICAÇÕES


O inhame é recomendado no tratamento de diversas doenças, como entre elas o reumatismo, artrite, ácido úrico, sinusite, hemorróida, viroses, micose, infertilidade, menopausa, fortalece sistema imunológico, inflamações, todas as infecções.
E na forma de cataplasma trata, (furúnculo, abcessos, cicatrização de feridas, quistos sebáceos, espinhas, unha encravada, reduz o inchaço e a dor de fraturas e queimaduras E foi durante muito tempo empregado no tratamento contra sífilis ).
Os médicos orientais recomendam a ingestão de inhame para fortificar os gânglios linfáticos. Na Índia, o sistema médico ayurvédico também indica o consumo desse alimento para restaurar as defesas orgânicas. O inhame que possui todas essas propriedades é o tubérculo pequeno, de casca marrom ou cinza, também conhecido como inhame japonês ou chinês. Existem outras espécies de inhame e também um tubérculo chamado cará que pode ser confundido com esse alimento.Apesar de serem comestíveis, esses tubérculos não detêm o mesmo poder curativo do inhame.


Leite de inhame:




Leite de inhame com coco:

 4 inhames cozidos e descascados   ( Mais ou menos 300 gramas )
 800 ml de água filtrada ou 1000ml para quem quiser mais ralo
 200 ml de leite de coco ( eu usei o caseiro) 
 3 tâmaras sem caroço
 1 colher de sopa de mel

Modo de fazer:

Bater no liquidificador todos os ingredientes e passar em uma peneira de pano de filó. Condicionar em geladeira por 4 dias. 

Dicas da Josy:  Cozinhar o inhame ao dente com casca ou no vapor para manter suas propriedades.
O leite de inhame poderá ser feito com ele cru , depois fervido ou como acima , que particularmente aprecio mais.
Esse cuidado se faz  necessário ,face muitas pessoas apresentarem um leve pruído ao ingeri-lo ,pela presença do Ácido oxálico em excesso.Somente uma precaução.Nada que cada um faça seus testes e conheça sua situação e gosto.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Pãozinho de minuto de milho


Pãozinho de minuto de milho:


Ingredientes:

3 colheres de sopa de linhaça moída deixada de molho em 6 colheres de água morna por 15 minutos.
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de sobremesa de suco de limão
1 colher de chá de sal 
2 colher de sopa  de fermento em pó sem glúten
1 copo e meio de água  ( 300 ml)
1 xícara de chá de farinha de arroz
1 xícara de chá Milharina
3 colheres de sopa de farinha de amêndoas ou de grão de bico
1 colher de chá de goma xantana
1 colher de chá de psylium 
1 colher de café de bicarbonato de sódio

Modo de fazer:

Deixar a linhaça de molho.
Quando formar uma geleia ir adicionando os secos e os liquidos.
Amassar bem.
Caso fique dura a massa adicionar mais 3 colheres de água.
Fazer as bolinhas e colocar em assadeira untada e polvilhada de fubá.Pincelar os pãozinhos com margarina derretida com duas gotas de café, para ficarem couradas.
Assar em forno em 180 graus por 40 minutos.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Cupscakes com farinha Dolci Schär com cobertura ou simples




Cupscakes com a farinha Dolci Schär com cobertura ou simples:


Ingredientes:
3 xícaras de farinha Schär Dolci
2 xícaras de açucar
1\2 xícara de óleo de canola ou girassol
1 xícara e 1/2 de suco de 2 laranjas e completar a medida com água
1\2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 xícara de chocolate em pó Nestlé
2 colheres de sopa (rasas) de fermento em pó
3 ovos

Modo de fazer:
Bater os ovos com o açúcar até formar uma gemada forte. Ir adicionando pouco a pouco os secos e os líquidos até formar uma massa lisa e aerada.Assar em forno em 180 graus por 35 a 40 minutos.Deixar esfriar para poder aplicar a cobertura.

Buttercream de cobertura:
3 xícaras de açucar de confeiteiro peneirado
3 colheres de sopa cheias de creme vegetal Becel
1 xicara de chocolate em pó Nestlé
5 gotas de baunilha

Bater na batedeira todos os ingredientes até dar ponto de cobertura para trabalhar com bicos.
Usei bico estrela média e confeitos de açúcar.

Pão francês com a farinha Schär aromatizado de alho



Pão Francês com a farinha Schär aromatizado de alho:


Ingredientes:

2 claras batidas em neve
1 ovo 
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de sal
1 colher de café de fermento químico sem glúten
7 colheres de sopa de azeite extra virgem com  1% de acidez
1 xícara de 200 ml mais 1\4 de água morna
1 colher de sopa de psylium
1 colher de café de fibra de maçã
1 colher de sobremesa de suco de limão ou vinagre branco
2 colheres de sopa cheias de mix de: linhaça dourada e chia moida
1 sachê de fermento biológico seco
2 colheres de farinha de amêndoas 
1 xícara e 3\4 de farinha Schär - Mix Pan
1\2 colher de café de alho seco moido.

Modo de fazer:

Colocar em um recipiente o sachê de fermento , as colheres de açúcar e 1\4 de xícara de água morna.Atentar que a água tem que estar suportável ao toque.
Em uma batedeira , bater as claras em neve , adicionar o ovo e continuar batendo.
Depois a água , o azeite, o sal,o alho seco e o fermento químico .
Misturar  a farinha  Schär,a de amêndoas e o mix de linhaça e chia. Diminuindo a velocidade para manter o aerado.
Adicionar no final o fermento levedado e bater por 5 minutos.
Fazer os pães , colocar em uma forma untada e polvilhada com farinha de arroz ou fubá.
Deixar crescer por 1 hora.
Assar em forno em 200 graus por 30 a 35 minutos.
Deixar esfriar em uma grelha e consumir em dois dias
Para congelar embalar um por um .





domingo, 4 de agosto de 2013

Livro de Receitas digital - Curso de Culinária sem Glúten - Josy Gomez



No dia 27 de julho de 2013, através da Parceria feita entre Josy Gomez (autora desse blog) e a FENACELBRA (Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil), aconteceu a Oficina de Culinária para Celíacos, em São Paulo.


Para conhecer as receitas que foram ensinadas no Curso, basta clicar no link - é gratuito para baixar !


http://www.riosemgluten.com/curso_de_culinaria_sem_gluten_Josy_Gomez_2013.pdf